Observatório vai analisar óleos de canábis à venda como medicinais

Voltar a Comunicados

Share this post

Observatório vai analisar óleos de canábis à venda como medicinais

 

Um ano após a entrada em vigor da lei que permite a venda nas farmácias de canábis medicinal, o Infarmed ainda está a analisar o pedido para comercialização de um spray.

Os doentes estão desesperados, garante o Observatório Português de Canábis Medicinal, que decidiu testar todos os óleos que estão à venda em Portugal como suplementos alimentares, devido a casos de publicidade enganosa. O Observatório vai criar ainda uma bolsa de investigação e uma base de dados com os consumidores de canábis medicinal.

“O sofrimento dos pacientes é gravíssimo. Recebemos pedidos de ajuda de pessoas que estão nos paliativos, a tomar altas doses de morfina, e não conseguem aliviar a dor. Casos de crianças. E não há um médico que consiga ajudar estes doentes”, denuncia a presidente do Observatório.

Esta notícia é exclusiva para Associados do OPCM: Torne-se Associado

Se já é associado aceda à notícia completa aqui

 

Voltar a Comunicados